Sede de Agrupamento

Escola Secundária do Lumiar

 Rua Mário Sampaio Ribeiro, 1600-488 Lisboa

 TEL. 21 754 07 47 | FAX. 21 758 99 24

[email protected]

INSCRIÇÕES - EXAMES DOS CURSOS PROFISSIONAIS Inscrições de 6 a 10 de novembro Afixação da calendarização: 17 de novembro

global actionThe Global Action Days visam dar visibilidade ao trabalho desenvolvido pelas Eco-Escolas e pelos Jovens Repórteres para o Ambiente em todo o mundo, motivando para que durante a semana de 20 a 30 de abril, data na qual se inclui o Dia Mundial da Terra, comuniquem e divulguem algumas das muitas ações que se realizam em prol do ambiente.

A nossa escola, para comemorar esta semana, irá desenvolver pequenas ações na horta e no espaço envolvente, orientadas pela coordenadora das Eco-Escolas e associação de pais, venda de produtos da Terra e de produtos reciclados realizados pelos alunos e a criação de um painel de compromissos

Como forma de motivar os mais pequenos para esta temática, os alunos da JI do Lumiar vão ser convidados a vir à escola secundária para visitarem uma exposição sobre a Terra e conceberem um desenho. 

Nos termos da alínea a) do no 2 do artigo 2o do Decreto Regulamentar no 14/2012, de 26 de janeiro,

emite-se a presente Orientação.

Atendendo à atividade epidémica do sarampo e no seguimento da declaração pública proferida pelo Ministro da Saúde:

1. A vacina contra o sarampo, em apresentação trivalente e designada VASPR, deve estar acessível em todos os pontos de vacinação do País;

2. A vacinação de acordo com o Programa Nacional de Vacinação continua a ser a melhor medida de prevenção contra o sarampo:

2.1 Primeira dose aos 12 meses e segunda dose aos cinco anos de idade;

3. A vacina contra o sarampo deve ser administrada, sem bloqueios administrativos e sem qualquer pagamento por parte do utente, como definido no Programa Nacional de Vacinação;

4. As equipas de todos os pontos de vacinação devem proceder à administração de vacinas, nos termos previstos no ponto anterior, nas seguintes situações:

4.1. A VASPR deve ser administrada a crianças com idade entre os seis e os 12 meses ou, no que se refere à segunda dose, antes dos cinco anos, exclusivamente mediante prescrição médica em suporte de papel, como previsto, em situações especiais, no Programa Nacional de Vacinação;

4.2. Aquela prescrição deve ser devidamente ponderada pelo médico tendo em consideração a situação clínica e epidemiológica em cada momento e em particular em situações de pós-exposição;

4.3. A dose de VASPR administrada antes dos 12 meses de idade não é considerada válida em termos de calendário vacinal, pelo que a criança a quem tenha sido administrada vacina naquelas condições deve ser revacinada (VASPR 1)

quando atingir os 12 meses, mas respeitando o intervalo mínimo de quatro semanas entre doses.

Agrupamento de Escolas Professor Lindley Cintra

Copyright © 2014. All Rights Reserved.